Sorvete dos "barenti": a mais nova especiaria do "novo mundo".

Olha, quando cruza a Ipiranga e a Av. São João eu não sei, mas quando cruza a Alameda Barros com a São Vicente de Paulo meu coração dispara. É o seguinte, bem numa esquina lá, tem uma loja dos “barenti” que é uma maravilha das 1001 noites, com um mundarel de artigos a granel do meu Brasil cosmopolita varonel. O nome é “Lebanon”, tem pimentas em pó variadas, nozes, castanhas, amêndoas, saffrons e demais especiarias de todo tipo para gastronomia árabe; nesse sentido, é uma verdadeira “Cia. Das Índias Orientais” versão “século tenso”. Além das especiarias gastronômicas, o lugar é um tesouro reluzente dos mais diversos tipos e tamanhos de “narguilês”, aqueles “cachimbões árabes”, para trazer uma memória mais coloquial. Mas no nosso caso, não vem ao caso nem os cachimbões e nem as especiarias orientais típicas, e sim outra coisa: SORVETE ! É isso mesmo, triângulo antropofágico: libaneses comercializando sorvete no “novo mundo”. E digo mais, seriam especiarias disputadíssimas se a “cia. ultra-marina” ainda estivesse navegando por aí. São sabores incríveis: noz pekan, damasco, amêndoas… dentre tantos outros. Definitivamente e por gosto pessoal, recomendo começar pelo sorvete de noz pekan, uma noz de sabor muito nobre, que enaltece o aroma natural do ingrediente por estar servido em temperatura muito baixa, coisa aliás muito estranha. Logo depois, talvez damasco, ou talvez qualquer outro, ou melhor, peça para experimentar os que lhe agradam mais apenas pelo nome ou cor; os “barenti” de lá são gente finíssima.
Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Sorvete dos "barenti": a mais nova especiaria do "novo mundo".

  1. Paty disse:

    Nossa, deu uma vontade daquele sorvete de Halewa com pistache!

  2. Anonymous disse:

    Halewa com pistache é fantástico, o melhor deste sorvete é que parece que é a fruta em pasta, vc não sente leite, não sente nada, é uma pasta da fruta ou sabor selecionado!
    Ponto para os turquinhos lá. Se conseguirem ser atendidos pelo dono, aí sim a experiência é completa, ele é extremamente atencioso e é libanês mesmo, então te explica cada um dos itens que vc consumir exatamente como é feito.
    Quem gosta de Narguile, está lá a melhor relação custoxbenefício. ele te recomenda os fumos, ensina a utilizar e tem preços cerca de 50% mais baixos que a maioria das lojas!
    Rede Maxifour é o nome. Ponto pra Loja Lebanon da Alameda Barros!

    Toni Ferreira – SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s